quarta-feira, novembro 03, 2010

Brasil... meu Brasil brasileiro!

Gostaria de começar esse post assim: Meu nome é Flávia, tenho 33 anos, sou professora pós-graduada, tenho dois empregos, moro no nordeste, não sou analfabeta, não recebo bolsa família e votei em Dilma para presidente.

Eu não ia fazer esse post. Mas por conta da quantidade de barbaridades que tenho lido nas redes sociais, não consegui me conter.O preconceito é tamanho que ultrapassa os limites... Mas peraí, existe limites para  o preconceito? Sim, parece que existe. A garota que incitou no twitter as pessoas a "matarem um nordestino afogado" está sendo precessada pela OAB. 


Mas, não pensem que este é um fato isolado. É só entrar nesse blog Diga não a xenofobia! que você verá uma coletânea de frases de conteúdo racista e preconceituoso, dirigido não só aos nordestinos, mas também aos paulistas, ás regiões Sul, Sudeste, Norte... Ou seja, é algo fora do controle. O que deu início a tudo isso (Deu início a exteriorização, por que é fato que o preconceito existe de forma camuflada) foi o fato de a Dilma Rousseff ter ganho a eleição com uma vantagem significativa nas regiões Norte e Nordeste.


Então, atrelaram a vitória da Dilma ao Bolsa Família (a mídia e a oposição fizeram um ótimo trabalho) e colocaram todos os eleitores da Dilma no mesmo saco. São todos pobres, pretos, burros, ignorantes, mortos de fome... NORDESTINOS. O que é isso, gente? O Nordeste é muito mais que o Bolsa Família. Veja essa repostargem da revista Carta Capital O voto do Nordeste. Leia mais de uma revista. Assista mais de um telejornal. Amplie seus conhecimentos, dispa-se de preconceitos. 

Somos todos brasileiros. Com deveres iguais. Com responsabilidades iguais. Com direitos iguais. E se contribuímos para eleger  Dilma Rousseff, devemos ser vistos não como a escória do Brasil... mas como cidadãos com direito a voto. Assim como os brasileiros de todas as regiões do país.

UpDate:



7 comentários:

  1. Arrepie Flavinha! Posso colocar no meu blog??
    Caraca...é inadimissivel que existe esse tipo de coisa aqui no Brasill! Votei na Dilma e votaria dinovo... acho um desperdicio essa briga sudestexnordeste! Li td que esse garota aí falou!

    Ai fica aquela coisa:

    Elegeram Tiririca que é analfabeto e NORDESTINO!

    Vai entender esse Brasilll!

    ResponderExcluir
  2. Flavinha, mandou muito bem!!!

    Não entendo como podem existir pessoas com pensamentos tão repugnantes.
    Gostei de uma resposta a este comentário da Mayara Petruso
    "PauloSBarbosa

    Mayara Petruso, diz que nordestino é burro. É nada, a gente fabrica Tirircas e manda para os "inteligentes" de São Paulo elegerem."

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Ainda estou chocada com o fato. As ofensas apareceram inclusive na minha timeline, de pessoas que eu seguia! Pessoas com quem eu trocava ideias, conversava sobre trabalho, enfim... Pessoas que desconheci quando vi essas barbaridades. Block neles!! Denunciem!

    ResponderExcluir
  4. Flávia, apoiada!!!
    Gostei. Você está coberta de razão.

    ResponderExcluir
  5. Flávia,
    assino embaixo de tudinho!!
    É por isso que o Brasil sempre foi um país para poucos viverem, so depois do governo LULA é que o povo pobre, não so os pobres nordestinos ,mas todos os pobres do Brasil conseguiram viver com dignidade.

    ResponderExcluir
  6. Flávia,
    Mesmo tendo votado em candidato oposto ao seu
    tb acho absurda toda forma de preconceito!
    Ainda mais de cunho racista como foi o dela!
    Palmas para seu post!
    Eu assino e endosso tudo que vc disse a respeito de tamanha baixaria!!!
    E foi bom saber que a OAB stá tomando providências...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Arrazou Flavinha...lindo post! Sobretudo sua apresentação,eu ri,mas eu ri muito! Tb sou Nordestina,nem votei na Dilma,mas acho que as pessoas não podem ser julgadas por exercerem um direito que lhes assiste...e depois a eleição foi só desculpa para alguns tirarem a máscara,isso sim! Cheiros! Vivi Oliveira

    ResponderExcluir